Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Blog de testes

Este é um blog de testes e nada mais que isso, nem vale a pena aqui vir.

O Blog de testes

Este é um blog de testes e nada mais que isso, nem vale a pena aqui vir.

...

Pediram-me para fazer um post mais a sério sobre a Bimby, para que, quem não tem uma, possa perceber o funcionamento da coisa.

 

Devo desde já dizer que não trabalho para a Bimby, não recebo comissões de nenhum género, e que este post é escrito do ponto de vista duma utilizadora normal. Gosto de cozinhar, mas detesto a cozinha do dia-a-dia. Nunca fui grande doceira. Ele ofereceu-me uma Bimby, nos anos.

 

Ao princípio tive receio que fosse mais um gadget daqueles que usamos nos primeiros tempos, mas que depois ficam a ocupar espaço e a acumular pó na despensa, mas não. Continuo a usar quase diariamente.

 

Mudou a minha vida? É um milagre? Tronei-me dependente? Não. Mas ajuda bastante, e faço coisas que de outra forma não faria (manteiga e esparregado, por exemplo).

 

A coisa é simples de usar. Tem as velocidades, as temperaturas e o tempo. Cada receita indica qual a ordem pela qual os ingredientes devem ser adicionados, qual a temperatura, o tempo e a velocidade a que devem rodar as lâminas, e apita quando termina.

 

À medida que vamos fazendo as receitas, vamos aprendendo a adaptar a coisa ao nosso gosto, como em qualquer outra receita. Por exemplo, a lasagna da Bimby leva cenoura, e tem um tempo de refogado menor do que a minha lasagna. Faço lasagna na Bimby, não meto cenoura, e refogo durante mais tempo. Adapto a receita ao gosto cá de casa.

Que belo post